Fundação terá plantão de atendimento presencial em 27 de junho

Equipe de relacionamento estará na sede da AFCEEE, em Porto Alegre

Na quinta-feira, 27 de junho, a equipe de relacionamento da Fundação Família Previdência estará na sede da AFCEEE, em Porto Alegre, para atender presencialmente os participantes dos planos previdenciários. A AFCEEE fica na Av. Ipiranga, 7931, Bairro Partenon.

Desde o dia 03 de maio, o atendimento presencial da Fundação está suspenso em decorrência dos alagamentos no Centro Histórico da Capital Gaúcha. Hoje (17/06) a sede da Fundação continua fechada em decorrência da falta de energia elétrica no local. Ainda não há previsão para o restabelecimento das atividades presenciais.

“Os serviços de atendimento estão funcionando por telefone e em nossos canais digitais como o aplicativo Meu Plano e a área do participante no site. Nesses canais, o participante encontra tudo que precisa para resolver dúvidas e acessar os serviços da Fundação. Para aqueles que preferem um atendimento mais personalizado, estamos disponibilizando os plantões, a partir do dia 27 de junho, que serão realizados em datas específicas”, destaca Marcelo Paludo, Diretor de Previdência da Fundação.

Anote a agenda de atendimento presencial e acompanhe a divulgação dos plantões.

PLANTÃO DE ATENDIMENTO PRESENCIAL – PORTO ALEGRE
Data: 27 de junho
Horário: das 10H às 16h
Local: AFCEEE
Endereço: Av. Ipiranga, 7931 – Bairro Partenon

CANAIS DE RELACIONAMENTO
Para falar diretamente com a Central de Relacionamento, envie uma mensagem através do link:
https://www.fundacaofamiliaprevidencia.com.br/index.php/contact/


Para contatar pelo WhatsApp cadastre o nº 51 3027-6655 ou clique aqui 


Para baixar o aplicativo MEU PLANO, basta clicar nos botões abaixo:

 app_storegoogle_play

 


Para atendimento por telefone, ligue 0800 510 2596 (de fixo) ou 51 3027 1221 (de celular).

Participantes elegem novos representantes na governança da Fundação

eleicoesCom 3.085 votos, o Processo Eleitoral 2024 da Fundação Família Previdência definiu os novos dirigentes que vão compor o Conselho Deliberativo e o Conselho Fiscal da Entidade. O pleito foi realizado em plataforma eletrônica (internet, aplicativo e telefone) no período de 31 de maio a 14 de junho. Foram eleitos um Conselheiro Deliberativo Titular, um Conselheiro Deliberativo Suplente e um Conselheiro Fiscal. O resultado das eleições deverá ser homologado pelo Conselho Deliberativo em reunião agendada para a próxima segunda-feira, 17 de junho. Confira abaixo a nominata dos eleitos.

O objetivo das eleições é recompor, a cada dois anos, parte dos órgãos diretivos da entidade que, juntamente com os conselheiros indicados pelas patrocinadoras, exercem mandatos por um período de quatro anos. Os novos gestores terão a responsabilidade de participar do processo decisório e fiscalizar os atos do maior fundo de previdência do Rio Grande do Sul, responsável pela aposentadoria atual e futura de mais de 18.000 pessoas.

Em 2024 também estava prevista a eleição de representantes nos Comitês de Acompanhamento de Plano – CAPs dos seguintes planos previdenciários: Família Previdência Corporativo, CeranPrev, Foz do Chapecó Prev, CRMPrev, Plano I da RGE e Plano II da RGE. Houve a inscrição de uma candidatura para representante no CAP do Plano CRMPrev e de uma candidatura para representante no CAP do Plano I da RGE. Conforme previsto no Regulamento Eleitoral (Art.32), em caso de inscrições únicas para os cargos disponíveis, os candidatos nesta condição não foram submetidos ao voto dos participantes.

Para o Presidente da Comissão Eleitoral, mesmo em um contexto atípico, em decorrência da catástrofe climática que se abateu sobre o Rio Grande do Sul, a Fundação Família Previdência garantiu a realização do pleito dentro dos prazos estatutários para que os novos dirigentes assumam os cargos em julho. “Estabelecemos um novo calendário para as eleições a fim de compensar a semana em que a ficamos com os sistemas inoperantes e ainda garantimos mais tempo para os participantes exercerem o direito do voto, elegendo os candidatos de sua preferência”, destacou Rodrigo Sisnandes.

Confira a íntegra dos resultados das eleições clicando no banner abaixo.

banner_resultado_apuracao_2024

CONSELHEIROS ELEITOS

  •  João Corte – Conselheiro Deliberativo Titular
  • Sandro Peres –  Conselheiro Deliberativo Suplente
  • Jorge Luiz Ferreira –  Conselheiro Fiscal Titular

REPRESENTANTES DOS CAPs

  • André Stallivieri – CAP do Plano CRMPrev
  • Breno Batista Plentz – CAP do Plano I da RGE

MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O PLEITO ESTÃO DISPONÍVEIS NO SITE DAS ELEIÇÕES – CLIQUE AQUI

Fundação é maior pagadora de benefícios em percentual do patrimônio

Entidade está entre as 15 maiores em volume de benefícios, administrando uma folha de R$ 800 milhões/ano

A Fundação Família Previdência, em proporção patrimonial, é a maior pagadora de benefícios entre todos os fundos de previdência do Brasil gerando uma folha anual de, aproximadamente, R$ 800 milhões, equivalente a 12,7% do patrimônio. No ranking geral de valores de pagamentos está entre as 15 maiores. “São recursos que garantem o sustento de milhares de pessoas e, neste momento de extrema necessidade para os gaúchos que estão sofrendo as consequências das enchentes, são fundamentais para a manutenção da renda familiar”, avalia Rodrigo Sisnandes, Diretor Presidente da Fundação.

Nos últimos 8 anos, a Fundação pagou o equivalente a R$ 5,3 bilhões em benefícios para seus aposentados e pensionistas, sustentando os planos previdenciários com as contribuições previdenciárias e, principalmente, com o retorno dos investimentos o que possibilitou a manutenção do patrimônio da entidade, em média, na casa dos R$ 6,5 bilhões ao longo dos últimos anos.

Em maio, a entidade pagou R$ 63 milhões para 8.799 assistidos, um benefício médio de R$ 7.168,12, por assistido. São 5.722 aposentados, 3.027 pensionistas e 50 participantes em auxílio-doença que receberam os benefícios em dia, pagos em 27 de maio. O próximo depósito está programado para o dia 25 de junho.

beneficios

Fundação participa da Comissão de Fomento da Previdência Complementar

rodrigo_sisnandesA Fundação Família Previdência – FFP – integrará a Comissão de Fomento da Previdência Complementar Fechada (Cofom), nomeada recentemente pela PREVIC. O Diretor-Presidente da FFP e Conselheiro Deliberativo da ABRAPP, Rodrigo Sisnandes, será o representante titular das entidades que congregam o segmento no país. Esta comissão será composta por representantes do Governo Federal e da sociedade civil e terá como objetivo alavancar o crescimento do setor previdenciário em todo o Brasil. A Cofom será presidida por Marcella Godoy Rocha, como representante titular da autarquia que fiscaliza as Entidades Fechadas de Previdência Complementar (EFPCs).

Responsável pela poupança previdenciária de mais de 3 milhões de participantes ativos e 880 mil aposentados e pensionistas, as EFPCs administram cerca de R$ 1,2 trilhão em recursos financeiros, equivalente a 11,6% do PIB. “São números que podem evoluir muito, desde que haja uma política de fomento que fortaleça a previdência complementar, através de mecanismos que permitam o investimento do setor, com autonomia e independência. A flexibilização da utilização do Plano de Gestão Administrativa, matéria em discussão no segmento previdenciário, permitirá que as entidades invistam em ações de marketing, tecnologia e outras ações voltadas ao fomento. Com isso, nossas entidades serão mais competitivas e acessíveis ao grande público. Queremos levar a previdência complementar sem fins lucrativos para todos os segmentos da população, pois é um modelo de investimento que trabalha exclusivamente em benefício do participante”, avalia Sisnandes.

Uma estratégia de fomento também passa pela revisão do atual arcabouço regulatório que, em excesso, inibe o desenvolvimento do setor. Nesse sentido, a simplificação de normas e a supervisão baseada em riscos são alguns dos caminhos apontados pelo segmento de previdência complementar para buscar o crescimento, tornando-a mais atrativa para novos setores do mercado. A possibilidade de inscrição automática para planos patrocinados, regrada pela Resolução CNPC nº 60, de fevereiro de 2024, também abriu novas possibilidades de acesso ao sistema.

“A Previdência Complementar tem uma importância estratégica na economia, como fonte de recursos para investimentos que serão revertidos em renda de longo prazo para milhares de brasileiros. Sabemos que depender exclusivamente da previdência pública trará muitas dificuldades para os futuros aposentados, pois o INSS pagará benefícios cada vez menores, oferecendo uma renda básica de aposentadoria”, alerta Sisnandes.

 A Fundação Família Previdência, maior entidade do segmento no Rio Grande do Sul, e uma das 30 maiores do Brasil, com patrimônio de R$ 6,5 bilhões e 18 mil participantes investe no crescimento do setor, buscando novas empresas como patrocinadoras dos planos previdenciários sob sua gestão. Atualmente conta com mais de 140 organizações, entre empresas, entidades associativas e entes federativos (prefeituras) que oferecem planos de previdência complementar para seus empregados, associados e servidores municipais. O Plano Família Previdência Municípios, por exemplo, é ofertado para 110 entes federativos, em 8 estados, com potencial de adesão de 70 mil servidores municipais.

Com relação aos compromissos previdenciários, a entidade, em proporção patrimonial, é a maior pagadora de benefícios entre todos os fundos de previdência do Brasil, gerando uma folha anual de, aproximadamente, R$ 800 milhões, equivalente a 12,7% do patrimônio. No ranking de valores de pagamentos está entre as 15 maiores.

Eleitores que esqueceram a senha do autoatendimento poderão alterar esta credencial até 12 de junho, às 12h, e votar a partir do dia 13 até às 09h do dia 14/06

eleicoesOs eleitores que esqueceram a senha do autoatendimento e que desejam votar nas eleições da Fundação Família Previdência terão a oportunidade de atualizar esta credencial até às 12 horas, do dia 12 de junho e participar do pleito.

Para atualizar a senha é necessário acessar a área do participante no site da Fundação.

A nova senha será ativada somente a partir do dia 13 de junho.

Esta é mais uma oportunidade para os eleitores exercerem o seu poder e votar nas Eleições da Fundação Família Previdência.

O período de votação encerra no dia 14 de junho, às 09 horas.

Neste ano serão eleitos um Conselheiro Deliberativo Titular, um Conselheiro Deliberativo Suplente e um Conselheiro Fiscal Titular.

Para votar, acesse o site: https://ffp.eleicaonet.com.br/

Eleições 2024: chegou a hora de votar

banner_eleicoes_2024Urna eletrônica ficará aberta das 09 horas do dia 31 de maio até às 09 horas do dia 14 de junho.

No período de 31 de maio a 14 de junho, os participantes da Fundação Família Previdência poderão votar para eleger novos representantes no Conselho Deliberativo e no Conselho Fiscal da Entidade. Os futuros gestores terão a responsabilidade de participar do processo decisório e fiscalizar o maior fundo de previdência do Rio Grande do Sul, responsável pela aposentadoria atual e futura de mais de 18 mil pessoas.

As Eleições 2024 serão realizadas em plataforma eletrônica pela internet, pelo aplicativo Meu Plano e por telefone. Para votar, o participante precisa ter senha de acesso ao autoatendimento. Ela funciona como um título de eleitor. Aos participantes que não possuem senha do autoatendimento foi enviada uma senha, por SMS, exclusiva para votar neste pleito.

No site das eleições o participante encontrará informações sobre os candidatos, um vídeo tutorial para votar corretamente, além de todas as informações sobre o pleito da Fundação Família Previdência.

A plataforma de votação também pode ser acessada pelo Aplicativo Meu Plano e os participantes também podem votar por telefone, ligando para o número 0800 000 2830.

A apuração dos votos ocorrerá a partir das 09h30min do dia 14 de junho e o resultado será publicado no site da Fundação Família Previdência ao término do escrutínio.

A URNA ELETRÔNICA FICARÁ ABERTA DAS 09 HORAS DO DIA 31 DE MAIO ATÉ ÀS 09 HORAS DO DIA 14 DE JUNHO.

CLIQUE AQUI PARA VOTAR.

Fundação anuncia medidas emergenciais no empréstimo para auxiliar participantes

Entre as medidas emergenciais adotadas pela Fundação Família Previdência estão as opções de empréstimo. Os participantes que possuem empréstimos em andamento e que estejam adimplentes, com as prestações em dia, e os participantes que não tenham contratos vigentes terão, a partir de 10 de junho, três possibilidades de auxílio emergencial.

O participante poderá escolher apenas uma das opções disponíveis para modificar o fluxo de pagamento do seu empréstimo. Os serviços estarão disponíveis exclusivamente no autoatendimento, com uso de senha, no site da Fundação. Os participantes que não possuem senha podem criar a sua diretamente pelo site da Fundação. O processo é simples e rápido.

ATENÇÃO!
Para que não ocorra descontos na folha de junho, a solicitação deve ser feita no período de 10 a 16 de junho.
A postergação e pausa de até 6 meses está disponível para participantes que estão em dia com o pagamento das prestações do empréstimo. Este serviço NÃO está disponível para participantes em acordo judicial de empréstimo.

A concessão dos benefícios dependerá de avaliação técnica.

OPÇÃO 1. Postergações mensais, até o limite de 6 meses da parcela do empréstimo, a partir de junho. Cada postergação alterará o valor das prestações seguintes. A quantidade de parcelas permanecerá a mesma do contrato original. O participante deverá manifestar que deseja postergar a parcela até o último dia útil do mês anterior para ter a postergação no mês seguinte, com exceção da postergação de junho, que poderá ser solicitada dentro do mês de junho até o dia 16.

Confira os Prazos de Solicitação:

• Opção até 16/06, para a competência de Junho/2024;

• Opção até 30/06, para a competência de Julho/2024;

• Opção até 30/07, para a competência de Agosto/2024;

• Opção até 30/08, para a competência Setembro/2024;

• Opção até 30/09, para a competência de Outubro/2024;

• Opção até 30/10, para a competência de Novembro/2024.

 

OPÇÃO 2. Pausa estendida de até 6 meses, ou seja, o participante poderá ficar sem pagar as parcelas de acordo com o período de escolha, por exemplo, se o participante solicitar a pausa em junho, ficará sem pagar de junho até novembro, por outro lado, se solicitar a pausa em agosto, ficará sem pagar de setembro até novembro. O participante deverá manifestar que deseja pausar as parcelas até o último dia útil do mês anterior para ter a pausa a partir do mês seguinte até novembro de 2024, com exceção da pausa de junho, que poderá ser solicitada dentro do mês de junho até o dia 16. Os juros dessas parcelas pausadas serão acrescidos ao saldo devedor mensalmente. Após esse período de carência, as parcelas dos contratos serão mantidas com os mesmos valores. Ao final do contrato, será acrescida a quantidade necessária de parcelas para liquidação dos juros das parcelas não pagas incorporadas ao saldo devedor, até o limite suficiente para sua total liquidação. Esta possibilidade aumenta a quantidade de parcelas do contrato original.

Confira os Prazos de Solicitação:

• Opção até 16/06, para as competências de Junho a Novembro de 2024;

• Opção até 30/06, para as competências de Julho a Novembro de 2024;

• Opção até 30/07, para as competências de Agosto a Novembro de 2024;

• Opção até 30/08, para as competências Setembro a Novembro de 2024;

• Opção até 30/09, para as competências de Outubro e Novembro de 2024;

• Opção até 30/10, para a competência de Novembro/2024.

 Uma vez solicitada a CARÊNCIA, é válida pelos meses subsequentes, até o término do prazo estabelecido.

 

OPÇÃO 3. Reforma do empréstimo vigente de acordo com o limite de crédito disponível para o participante obter mais recursos e continuar pagando o empréstimo regularmente.

Fundação anuncia medidas emergenciais para apoiar participantes atingidos pelas enchentes no RS

Participantes poderão solicitar postergação de parcelas do empréstimo ou suspender temporariamente o pagamento de empréstimos no período de 10 a 16 de junho para que não ocorra descontos na folha de junho.

A Fundação Família Previdência adotou uma série de iniciativas para apoiar financeiramente os participantes atingidos pelas enchentes no estado do Rio Grande do Sul. Aprovadas pelo Conselho Deliberativo, no dia 20 de maio, as medidas visam ampliar o prazo para pagamento de parcelas de obrigações com os planos, além de postergar ou suspender por um prazo determinado o pagamento das prestações do empréstimo.

PARCELAS DE OBRIGAÇÕES COM OS PLANOS – VENCIMENTOS ESTENDIDOS
As parcelas de obrigações com os planos referentes a empréstimos, contribuições, entre outros serviços, com vencimento previsto para o dia 10 de maio foram estendidos para pagamento até o dia 31 de maio, sem encargos.

As parcelas de competência do mês de maio poderão ser pagas até 14 de junho, sem encargos.

EMPRÉSTIMOS – MEDIDA EMERGENCIAL
Para os participantes que possuem empréstimos em andamento e que estejam adimplentes, ou seja, com as prestações em dia, e para os participantes que não tenham contratos vigentes, a Fundação irá ofertar três possibilidades de auxílio emergencial. O participante poderá escolher apenas uma das opções disponíveis para modificar o fluxo de pagamento do seu empréstimo. Os serviços estarão disponíveis exclusivamente no autoatendimento, com uso de senha, no site da Fundação. Os participantes que não possuem senha podem criar a sua diretamente pelo site da Fundação. O processo é simples e rápido. Clique aqui para conhecer as opções de empréstimo.

PAGAMENTO DE BENEFÍCIOS
O pagamento de benefícios está programado para o dia 27 de maio. Confira matéria aqui.

SERVIÇOS DISPONÍVEIS
Os participantes podem acessar os serviços da Fundação pelos canais digitais, disponíveis no site e aplicativo. Nestes canais estão disponíveis informações sobre o plano previdenciário, empréstimos, saldo, rentabilidade, boletos, contracheque, comprovante de rendimentos, solicitação de aposentadoria, extratos e simuladores. Para baixar o aplicativo MEU PLANO, basta clicar nos links abaixo:
Android: https://fprev.com.br/android
iOS (iPhone): https://fprev.com.br/ios

Para falar diretamente com a Central de Relacionamento, os participantes podem enviar uma mensagem através do link:
https://www.fundacaofamiliaprevidencia.com.br/index.php/contact/
Ou entrar em contato pelo WhatsApp: 51 3027-6655.
Neste momento difícil e desafiador, a Fundação reafirma sua solidariedade a todas as vítimas das inundações.

Fundação depositará folha de benefícios no dia 27 de maio

Serão pagos R$ 63 milhões para 8.799 assistidos.

Os assistidos da Fundação Família Previdência receberão seus benefícios na próxima segunda-feira, 27 de maio, de acordo com o cronograma de pagamentos definido para 2024. O maior fundo de previdência do Rio Grande do Sul, depositará R$ 63 milhões nas contas de seus 8.799 assistidos, um benefício médio de R$ 7.168,12, por assistido. São 5.722 aposentados, 3.027 pensionistas e 50 participantes em auxílio-doença que receberão benefícios neste mês.

A Fundação Família Previdência, em proporção patrimonial, é a maior pagadora de benefícios entre todos os fundos de previdência do Brasil gerando uma folha anual de, aproximadamente, R$ 800 milhões, equivalente a 12,7% do patrimônio. No ranking geral de valores de pagamentos está entre as 15 maiores. “São recursos que garantem o sustento de milhares de pessoas e, neste momento de extrema necessidade para os gaúchos que estão sofrendo as consequências das enchentes, são fundamentais para a manutenção da renda familiar”, avalia Rodrigo Sisnandes, Diretor Presidente da Fundação.

Nos últimos 8 anos, a Fundação pagou o equivalente a R$ 5,3 bilhões em benefícios para seus aposentados e pensionistas, sustentando os planos previdenciários com as contribuições previdenciárias e, principalmente, com o retorno dos investimentos o que possibilitou a manutenção do patrimônio da entidade, em média, na casa dos R$ 6,5 bilhões ao longo dos últimos anos. Confira o gráfico abaixo.

beneficios

Fundação estende prazo para pagamento de prestações até 31 de maio

A Fundação Família Previdência estendeu para 31 de maio, sem incidência de juros e multas, o prazo para pagamento de débitos referentes a empréstimos, contribuições, seguros, entre outros serviços, que estavam com vencimento previsto para o dia 10 de maio. Os boletos de cobrança estão sendo enviados, entre os dias 21 e 22 de maio, somente em meio eletrônico: por e-mail e por SMS.

Os participantes podem acessar os serviços da Fundação pelos canais digitais: site e aplicativo. Nestes canais estão disponíveis informações sobre o plano previdenciário, empréstimos, saldo, rentabilidade, boletos, contracheque, comprovante de rendimentos, solicitação de aposentadoria, extratos e simuladores.

Para baixar o aplicativo MEU PLANO, basta clicar nos links abaixo:
Android: https://fprev.com.br/android
iOS (iPhone): https://fprev.com.br/ios

Para falar diretamente com a Central de Relacionamento, os participantes podem enviar uma mensagem através do link:
https://www.fundacaofamiliaprevidencia.com.br/index.php/contact/

Ou entrar em contato pelo WhatsApp: 51 3027-6655.

Neste momento difícil e desafiador, a Fundação reafirma sua solidariedade a todas as vítimas das inundações.