Participante: a hora é de ficar em casa

A Fundação Família Previdência está acompanhando e seguindo as orientações do poder público em âmbito municipal, regional e nacional para combater o coronavírus. Os idosos compõem um dos principais grupos de risco para contrair e desenvolver a covid-19. A Fundação Família Previdência possui mais de 9.200 aposentados e pensionistas, a maioria com mais de 60 anos. Este é o momento para ficar em casa, buscar atendimento nos canais eletrônicos e digitais da entidade e deixar para os familiares mais jovens as tarefas que precisam ser feitas na rua.

Decreto municipal
Com o objetivo de evitar o contágio de pessoas idosas, a Prefeitura Municipal de Porto Alegre publicou decreto que determina medidas de distanciamento social para quem tem mais de 60 anos de idade. Fica permitido o deslocamento somente para realização de atividades estritamente necessárias como atendimento médico e hospitalar, realização de exames laboratoriais, vacinação, compra de alimentos e de produtos vendidos em farmácias. É necessário que o idoso esteja portando documento de identidade. O descumprimento estará sujeito à multa e demais penalidades dispostas na legislação.

Confira a íntegra do Decreto disponível no site da Prefeitura de Porto Alegre.

Clique aqui

Palestras Rio Grande, Pelotas e Camaquã têm bom público

DSC_0247Nos dias 24 e 25 de maio, a Fundação CEEE realizou mais quatro palestras institucionais nas cidades de Rio Grande, Pelotas e Camaquã com a presença de 175 participantes. A presidente Janice Fortes e o Diretor Administrativo Jeferson Luis Patta de Moura apresentaram um perfil da entidade com dados sobre os resultados obtidos em 2015 e várias informações atualizadas com dados de 2016, além de outros assuntos importantes de interesse dos participantes. O objetivo foi mostrar um panorama atualizado da entidade com informações sobre o desempenho dos planos de benefícios previdenciários e dos investimentos, além de responder dúvidas dos presentes. Nesses encontros denominados “Diálogo com a Fundação” a entidade também aborda questões referentes ao perfil demográfico da população brasileira que está mudando nas últimas décadas e que influencia o desempenho de planos de previdência complementar. Desde março, já foram realizadas 11 palestras nas cidades de Bagé, Candiota, Porto Alegre, Osório, Rio Grande, Pelotas e Camaquã, totalizando a presença de mais de 500 participantes.